sexta-feira, janeiro 19, 2018

segunda-feira, outubro 30, 2017

Feltragem com agulha


No último ano comecei a fazer brinquedos de lã cá para casa. Já temos alguns bicharocos e verduras para brincar. :)

segunda-feira, outubro 09, 2017

Pastéis aguareláveis

Experimentando com um brinquedo novo: uma caixa de pastéis aguareláveis da Faber Castel que encontrei por acaso e que foram uma pechincha...



Dragoeiro de 17 anos, Casa da Cerca, Almada



Um laguinho do Jardim Gulbenkian
Desenhado durante o encontro dos Urbansketchers a 16 de Setembro


quarta-feira, setembro 13, 2017

Desenhar o outono por trilhos de Monsanto


Nova atividade:

DESENHAR O OUTONO por trilhos de MONSANTO

Caminhada e Oficina de Desenho e Aguarela (piquenique incluído) 

21 de Outubro, das 8:45 às 18:00

Parque Florestal de Monsanto, Lisboa

Organização #Terradágua

€40

Um dia dedicado a aperfeiçoar técnicas de desenho e aguarela, aproveitando para conhecer melhor Monsanto: tão perto dos lisboetas e tão desconhecido para tantos.
Como enquadrar uma paisagem? Como conseguir em aguarela as cores que vemos na paisagem? Como desenhar uma árvore? Que espécies podemos encontrar? São algumas das descobertas que iremos fazer neste dia.
O programa inclui piquenique com comidinha caseira deliciosa.
Vamos lá por-nos ao caminho? :)

https://www.facebook.com/events/340456223088638



DESENHAR O OUTONO por trilhos de MONSANTO
Caminhada e Oficina de Desenho e Aguarela

No dia 21 de outubro de 2017 TERRADÁGUA propõe um dia de desenho de campo, passeio e convívio no Parque Florestal de Monsanto, com piquenique incluído.Em cenários de bosque ou com vista sobre o Tejo, a ilustradora Sara Simões irá propor registos para praticar técnicas de desenho com grafite, caneta e aguarela.Contaremos com a presença do arquitecto Álvaro Costa, assíduo explorador dos recantos de Monsanto, que partilhará connosco o seu conhecimento acerca da história, da arquitetura e da magia deste espaço natural da cidade de Lisboa. 


Programa*:
8:45 - Ponto de encontro: acesso à Alameda Keil do Amaral pela Estrada do Alvito. 

9:00 - Anfiteatro Keil do Amaral Introdução acerca do Parque Florestal de Monsanto pelo arquitecto Álvaro Costa. Introdução às proposta de desenho de campo pela ilustradora Sara Simões.

9:30 - Caminhada até miradouro. Recolha de objetos naturais que podem ser desenhados mais tarde. (Amêndoas, cápsulas de eucalipto, ramos, etc.)

10:00 - Miradouro Keil do Amaral.Primeira proposta de desenho: paisagem.Os participantes podem escolher entre desenhar uma vista sobre o Tejo ou um pedaço da floresta. Primeiro vamos aprender a enquadrar um pedaço da paisagem e a registá-lo na proporção correta com grafite.Depois iremos fazer um estudo a aguarela das cores que encontramos na paisagem, procurando compreender quais os pigmentos, misturas e níveis de diluição mais adequados para traduzir as cores que encontramos. 

13:00 - Piquenique no Parque de Merendas da Alameda Keil do Amaral. 

14:00 - Ida até Montes Claros (A viagem é feita nos veículos dos participantes) 

14:30 - Segunda proposta de desenho: árvores e objetos naturais recolhidos.Vamos desenhar uma árvore à nossa escolha, tendo atenção à sua proporção, tipo de copa, padrão de crescimento e textura da folhagem.Os participantes terão também a oportunidade de desenhar alguns objetos naturais recolhidos.

18:00 - Despedida

* Dependendo das condições climatéricas e das características do grupo o programa pode ser ajustado.


Preço: 
Caminhada + formação + almoço + seguro - €40


Público-alvo: 
Todos os interessados em desenhar ao ar livre e que consigam caminhar pequenos percursos fáceis. Não é necessária experiência prévia em desenho e ou aguarela mas é necessário levar material.


Material necessário:
Caderno de desenho (200g no mínimo), lápis de grafite HB e 6B, apara-lápis, borracha (branca ou borracha-pão), marcador(es) de ponta fina fino preto(s), aguarelas, papel absorvente para limpezas, pincel com depósito (waterbrush) ou pincéis redondos e frasco leve para água. Opcional: lápis de cor, lápis ou canetas brancos. 


Equipamento necessário:
Chapéu, cantil, lanche, calçado confortável para caminhar em terreno irregular, roupa prática e respirável, agasalho, impermeável leve se houver previsão de chuva.(Evitar peso excessivo conserva-nos energia para aplicar ao caminho e ao desenho.)


Transporte:
As deslocações até à Alameda Keil do Amaral e daí até a Montes Claros são da responsabilidade dos participantes. Os participantes que não levem transporte próprio podem mencioná-lo na inscrição para que possamos organizar boleias.

Alameda Keil do AmaralCoordenadas GPS: Lat N 38°43'22.7" Long W 9°11'17.6" - Ver mapa 

Montes ClarosCoordenadas GPS: Lat N 38°43'04.2" Long W 9°12'06.1" - Ver mapa


Inscrições: 
Preencher o formulário: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScw1NFg-pcBMX-ggnPnchowRidn979Vr13RxLEFCW2HxnlwFg/viewform

Até dia 16 de outubro, com transferência de 50% do valor total para a conta:

IBAN PT50 0035 0303 00089205300 62

E envio de comprovativo de pagamento por email, para terradagua@terradagua.pt

Contacto telefónico: 967285180

segunda-feira, setembro 04, 2017

Texturas com aguarela



Darei um nova formação no próximo mês de Outubro.

Oficina de AGUARELA BOTÂNICA nível 2

14 e 28 de Outubro
14:30 às 17:30
Casa da Cerca
Almada
€35

A participação nas oficinas anteriores - Técnicas Básicas de Aguarela (Abril) e Aguarela Botânica nível 1 (Julhp) - não é obrigatória, embora seja uma boa preparação.

Para seguir o evento no facebook:
https://www.facebook.com/desenho.Casa.da.Cerca/

terça-feira, agosto 22, 2017

Irina



Recém-chegada à sua nova morada, e depois da canseira da viagem, a Irina aproveitou para fazer uma soneca.

terça-feira, agosto 01, 2017

Retiro de Desenho e Aguarela Terradágua 2016

O ano passado foi assim. :)



Caminhada em Pucariça



O maravilhoso tanque do senhor Rodrigues



Desenhando a ribeira com os pés fresquinhos



A Suzana Nobre a desenhar uma azinheira



Um sabugueiro com bagas na margem da ribeira



Vinhas



A Suzana Nobre a desenhar um tronco de videira



Desenho da textura do tronco de videira pela Suzana Nobre



Gabriela Xavier pintando as folhas da videira

  
 

A Isabel Alegria pintou por aqui uns galos maravilhosos



No caderno da Isabel os materiais do local misturaram-se com os materiais de pintura


  
 As rãs foram nossas companheiras



Ficámos alojados na Terradágua



Conversas sobre aguarelas



O dia no campo terminou mas ainda há coisas para desenhar



Girino capturado no tanque



Girino desenhado debaixo da lupa

  

A Chloe desenhando a casca de uma árvore com linhas minuciosas



A tabua, uma descoberta



A tabua cresce na beira de rios e lagos e por vezes é chamada incorretamente de junco.
É fofinha e quando está amadurecida desfaz-se para dispersar as sementes.



O Álvaro a trazer para o caderno a outra margem do Tejo



Os salgueiros-chorões foram uma sombra maravilhosamente acolhedora neste dia de calor



Uma demonstração rápida de como fundir tons com técnica muito molhada



Preparando aguarelas com o Álvaro



Um bonito postalinho como só a Suzana Nobre sabe fazer



Suzana Nobre com as mãos na massa

A norte do Tejo, a olhar para a margem do lado do Tramagal

 

A Chloe adora árvores e é curioso ver que por isso gasta pouco vermelho :)



A Isabel Alegria em contemplação



Uma aguarela fresquinha da Isabel Alegria

  

Relaxando na albufeira de Castelo de Bode



O lugar escolhido para o piquenique e o desenho



A visão da Isabel Alegria sobre uma baía da albufeira de Castelo de Bode


E esta semana teremos o novo retiro de 2017. Querem ir já esta sexta, dia 4 de Agosto? :)

http://velhadaldeia.blogspot.pt/2017/07/retiro-de-desenho-e-aguarela-2017-45-e.html

https://www.facebook.com/events/2002123253407210